Pesquisar

SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
UNIDADE: INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

ANTROPOLOGIA CULTURAL

FCA218

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 60                      P: 00                         T + P: 60

4,0

 

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Aulas de preleção intercaladas com exercícios práticos, discussão em grupo de temas que podem ser aplicados no cotidiano dos acadêmicos de enfermagem.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Levar ao aluno discussões e reflexões acerca do processo de transformação da natureza e o excedente econômico; da sociedade tribal e escravista. Reflexões sobre ideologia e cultura popular. Movimentos sociais e urbanos.

10 – EMENTA:

Antropologia como campo de conhecimento. A Antropologia e as demais ciências sociais. Sistematização de conteúdos que expressam a evolução historicamente contextualizada da produção e manifestação dos componentes sócio-culturais, econômicos e políticos decorrentes da antropogênese do processo civilizatório.

11 – BIBLIOGRAFIA:

BÔAS, F. As limitações do método comparativo em Antropologia.
MAUSS, M. Ensaio sobre o dom: Sociologia e Antropologia.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
UNIDADE: INSTITUTO DE MICROBIOLOGIA

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA E

IMW239

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 90                      P: 90                         T + P: 180

9,0

BMQ121 (P)

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Esterilização e controle bacteriológico do ambiente. Bacteriologia: cocos, patogênicos, neisserias, enterobactérias, micobactérias, anaeróbios, espiroquetas, zooneses, colheita de material para exame bacteriológico; diagnóstico laboratorial.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Identificar as situações de aplicação dos tópicos de microbiologia e imunologia na vida prática do futuro enfermeiro.

10 – EMENTA:

Ministrados conhecimentos teóricos e práticos sobre mecanismos específicos e inespecíficos de defesa do organismo – reações imunológicas e virais. Patogenicidade. Técnicas e processos de assepsias no trabalho com microrganismo do ambiente.

11 – BIBLIOGRAFIA:

GRABULSI, L. R. Microbiologia. RJ: Atheneu, 1986.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
UNIDADE: INSTITUTO DE NUTRIÇÃO JOSUÉ DE CASTRO

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM

INN230

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 60                      P: 00                         T + P: 60

4,0

FMP214 (C)      BMQ121 (P)

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

 

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Oferecer condições dos estudantes de enfermagem em reconhecer a importância dos alimentos e identificá-los como fonte de nutrientes. Proporcionar aos estudantes condições de fazer substituição de alimentos sem prejuízo de nutrientes em função do custo e da realidade brasileira. Oferecer condições para o aluno desenvolver uma visão crítica da nutrição dentro de nossa realidade sócio-econômica.

10 – EMENTA:

Reconhecimento dos alimentos como fonte de nutrientes por faixa etária: sua importância, assim como, visão crítica da nutrição dentro de nossa realidade. Identificar através do diagnóstico, exame físico e laboratorial, condições sócio-econômica, anamnese alimentar a dieta adequada para o cliente.

11 – BIBLIOGRAFIA:

CHAVES, N. Nutrição básica e aplicada. RJ: Guanabara Koogan, s.d.
DUTRA, J. Oliveira. Nutrição básica. SP: Sawier, s.d.
IBGE/RJ. ENDEF (Estudo Nacional de Despesa Alimentar), v. 3, 1977.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
UNIDADE: FACULDADE DE MEDICINA

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

PROCESSOS PATOLÓGICOS GERAIS

FMP214

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 30                      P: 00                         T + P: 30

2,0

BMA125 (P)     BMH123 (P)

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Aulas de prelação na Sala de Patologia do HUCFF, a seguir, acadêmicos vão observar peças e/ou microscópios. Descrever peças e/ou lâminas analisando e comparando com a teoria.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Informar a respeito das alterações anatômicas e funcionais resultantes da interação entre organismo humano e agentes agressores de diversas naturezas.

10 – EMENTA:

Conceito de saúde e doença. Síntese da história da medicina e da patologia celular e celular-molecular. A célula normal. Alterações da célula e de suas estruturas elementares. Mecanismo de integração intercelular. Mecanismos de defesa. Agressão e resposta à agressão. Agressões biológicas, químicas e físicas. Causas da doença. Principais doenças do homem. Sensibilidade. O homem bio-psico-social.

11 – BIBLIOGRAFIA:

DE PAOLA, D. Mecanismos Básicos de Doença. RJ: Atheneu, 1977.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
UNIDADE: INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA

FCB113

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 60                      P: 00                         T + P: 60

4,0

 

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Textos para leitura e discussão em grupo. Seminário – apresentação dos alunos (grupos), proporcionar debates. Fórum.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Proporcionar elementos e condições para a reflexão sobre a herança cultural. Desenvolver a capacidade de análise crítica no que diz respeito à sociedade moderna e as transformações sócio-econômicas, políticas e culturais.

10 – EMENTA:

A problemática das ciências sociais: a questão do método da objetividade e subjetividade, na sociedade, a noção de totalidade, a interdisciplinaridade. A emergência do pensamento sociológico. Introdução aos clássicos da sociologia. Mary, Weber e Durkein. Conceitos de sociologia.

11 – BIBLIOGRAFIA:

DURKEIM, E. Educação e Sociedade. SP: Melhoramentos, 1985.
FARACHI, M & PEREIRA, L. Educação e Sociedade. SP: Cia. Editora Nacional, 1972.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
UNIDADE: ESCOLA DE ENFERMAGEM ANNA NERY

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

A SAÚDE DAS PESSOAS QUE TRABALHAM

ENW231

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 30                      P: 30                         T + P: 60

3,0

ENW121 (P)

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Dramatização – reuniões simuladas e discussão sobre situações em locais de trabalho. Execução de procedimentos básicos para a proteção da saúde. Exercício de habilidades para o diagnóstico de saúde com supervisão técnica de trabalho individual e em grupo.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Analisar a inter-relação dos fatores físicos, psíquicos, sociais e ambientais na saúde do trabalhador. Identificar as necessidades do trabalhador face ao direito à saúde e à assistência adequada. Colaborar na tomada de decisão com base na aplicação da metodologia científica. Reconhecer que a equipe de saúde é responsável pela melhoria do nível de saúde da coletividade.

10 – EMENTA:

Segurança e condição de trabalho. Necessidades pessoais e direito do trabalhador. A mulher na força de trabalho. Saúde mental nas situações de trabalho. Diagnóstico simplificado de coletividade assistida. Medidas epidemiológicas preventivas e de promoção da saúde. Implementação e avaliação de programas assistenciais. A participação da enfermeira na Previdência Social.

11 – BIBLIOGRAFIA:

AGERAMI, V.A. Crise, trabalho e saúde mental. São Paulo: Cortez, 1986.
BOHADANA, Estrela et all.Diagnóstico das condições de vida e saúde no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1983.
DUCAN, B.B. et all. Medicina ambiental – condutas clínicas de atenção primária. POA: Artes Médicas, 1990.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
UNIDADE: ESCOLA DE ENFERMAGEM ANNA NERY

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

TRABALHO DE CAMPO III

ENWU03

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

T: 00                      P: 90                         T + P: 90

2,0

ENWU02 (P)

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Dinâmica de grupo sobre metodologia de resolução de problemas. Exercícios de habilidades para execução do exame físico do trabalhador. Instrução sobre técnicas de comunicação na empresa. Preparo de instrumentos áudio-visual para palestras. Instrução sobre o Programa de Saúde do Trabalhador. Instrução sobre papéis da equipe de trabalho na empresa. Orientação sobre a empresa como campo de prática – implicações quanto ao papel do estudante da área de saúde.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Apresentar em grupo um programa de trabalho para a saúde na empresa. Adquirir conhecimentos para ajudar o trabalhador a resolver seus problemas de saúde. Demonstrar competência na prática do exame físico e de técnicas básicas para a saúde do trabalhador. Adquirir habilidades apropriadas ao trabalho com grupos – empregados e empregadores.

10 – EMENTA:

Reuniões e entrevistas com empregadores e trabalhadores. Prática de exame físico simplificado. Diagnóstico de saúde da situação dos trabalhadores. Intervenções – vacinas, coleta de material, palestras e outras medidas de proteção à saúde. Avaliação da ajuda prestada.

11 – BIBLIOGRAFIA:

ISAAC, Mielnik. Higiene mental do trabalho. POA: Artes Médicas, 1976.
NETO, A. et al. Imunizações. São Paulo: Savier, 1980.
SOUZA, Elvira de Felice. Novo Manual de Enfermagem. 6a ed. RJ: Cultura Médica, 1987.
SOUZA, Elvira de Felice. Drogas e Soluções. RJ: Cultura Médica, 1978.
VIEIRA, Sonia. Introdução à Bioestatística. RJ: Campus, 1991.


SR-1
CEG

FORMULÁRIO CEG-03
Disciplina

CENTRO: DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
UNIDADE: ESCOLA DE ENFERMAGEM ANNA NERY

Folha n0:
Data: 04/03/1997

1 – NOME

2 – CÓDIGO

3 – IDENTIFICAÇÃO

DIAGNÓSTICO SIMPLIFICADO DE SAÚDE III

ENWX03

 

4 – Carga Horária por Período:

5 – CRÉDITOS:

6 – REQUISITOS:

Variável – mínimo de 30 horas.

0,0

ENWX02 (P)

7 – CARACTERÍSTICAS DAS AULAS PRÁTICAS:

Discussão em grupo sobre metodologia científica para estudo dos problemas da situação de saúde na empresa. Instrução de reforço sobre instrumentos e métodos utilizados na investigação. Orientação sobre elaboração de anteprojetos de estudo. Instrução sobre apreciação e crítica de dados. Orientação sobre apresentação de relatório.

8 – CURSOS PARA OS QUAIS É OFERECIDA:

ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA

9 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA:

Adquirir habilidades na aplicação da metodologia científica. Demonstrar habilidades na elaboração de instrumentos e na classificação de dados. Discutir em grupo os problemas identificados. Apresentar relatório sobre estudo dos problemas e/ou dificuldades da situação da clientela assistida.

10 – EMENTA:

Estudo de problemas evidenciados no diagnóstico da coletividade assistida (trabalhadores). Classificação e análise de dados coletados. Proposta de solução e/ou encaminhamento. Apresentação de relatório e discussão de resultados.

11 – BIBLIOGRAFIA:

ASTIVERA, Armando. Metodologia da Pesquisa Científica. 7a ed. POA: Globo, 1983.
KLEIN, Josephine. O trabalho de grupo. RJ: Zahar Editora, 1974.
LANDMAN, J. Medicina não é saúde. RJ: Nova Fronteira, 1983.

UFRJ EEAN - Escola de Enfermagem Anna Nery
Desenvolvido por: TIC/UFRJ