Pesquisar

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM


Conceito 5 na Capes – Excelência Nacional
(Cursos, Intercâmbios interinstitucionais, cooperação internacional e cooperação nacional)


 

Coordenadora Geral de Pós-Graduação e Pesquisa
Profa Dra Márcia de Assunção Ferreira
Email: marcia.eeanarrobagmail.com

Coordenadora Adjunta do Curso de Mestrado
Profª Drª Marléa Chagas Moreira
Email: marleachagasarrobagmail.com

Coordenadora Adjunta do Curso de Doutorado
Profª Drª Regina Célia Gollner Zeitoune
Email: doutoradoeeanarrobagmail.com

Secretaria Acadêmica
Tec. Adm. Sônia Maria Xavier
Tec. Adm. Jorge Anselmo
Email: ppgeeanarrobagmail.com

 

AREA DE CONCETRAÇÃO
A Enfermagem no Contexto Social Brasileiro

LINHAS DE PESQUISA

História da Enfermagem Brasileira
Fundamentos do Cuidado de Enfermagem
Enfermagem em Saúde da Mulher
Enfermagem em Saúde da Criança
Enfermagem em Saúde do Trabalhador
Enfermagem em Saúde Coletiva
Enfermagem Hospitalar
Gestão em Saúde e Exercício Profissional Enfermagem
Educação em Saúde e Enfermagem
Enfermagem em Saúde Mental

INSCRIÇÃO E PROCESSO DE SELEÇÃO

O ingresso no Programa de Pós-Graduação ocorre anualmente, em março e em agosto, mediante seleção pública, cujas normas são estabelecidas por Edital Público de Seleção aprovado pelo Conselho de Pos-Graduação e Pesquisa em Enfermagem (CEPGPEn.

O Edital é publicado com no mínimo com 30 dias de antecedência da data fixada para as inscrições.

A seleção é feita com base no mérito científico do projeto de pesquisa e do candidato, mediante apresentação de projeto de pesquisa e de curriculum vitae, no qual o candidato deverá apresentar seus títulos, produção científica, experiência profissional (no ensino, assistência e pesquisa), participação em eventos técnico-científicos, publicações de artigos, livros, capítulos de livros, resumos simples e expandidos

A inscrição poderá ser feita pessoalmente, por procuração ou sedex e só será efetivada mediante a entrega de toda a documentação. No ato da inscrição, o candidato deverá indicar a Linha de Pesquisa e o Núcleo de Pesquisa ao qual deseja concorrer, em acordo com a oferta de vaga-orientação publicada no edital.
Local de inscrição: EEAN/UFRJ. Pavilhão de Aulas. Rua Afonso Cavalcanti, 275. Cidade Nova – Centro. Tele-Fax: (21) 2293-8148.

Documentos necessários à inscrição:

1. Ficha de inscrição preenchida.

2. Check list feito pelo próprio interessado atestando a entrega dos seguintes documentos, em envelope identificado:

- Fotocópias autenticadas:

a) Do diploma de graduação em Enfermagem. No caso de declaração de conclusão do curso, esta deverá ser emitida em papel timbrado da instituição de origem, com assinatura da autoridade competente, informando sobre o processo de expedição do diploma;

b) Cadastro de Pessoa Física (CPF) para brasileiros. Estrangeiros devem apresentar original e fotocópia do passaporte.

c) O candidato ao Curso de Doutorado deverá acrescentar a Fotocópia autenticada do diploma (ou da ata de defesa da dissertação de Mestrado, autenticada pelo órgão emissor) e fotocópia do histórico escolar do curso de Mestrado.

- Fotocópia da Certidão de nascimento ou casamento;

- Fotocópia do Documento de identificação civil ou militar;

- Termo de responsabilidade do candidato e/ou de sua instituição de origem, relativo ao seu compromisso ou liberação de carga horária para a realização do curso;

- Duas fotografias 3 X 4, recentes;

- Declaração de aprovação em prova de proficiência em língua estrangeira (Inglês ou Francês). Para o mestrado: será exigida a comprovação de proficiência em uma Língua Estrangeira. Para o doutorado: será exigida a comprovação de proficiência em duas Línguas Estrangeiras. Como primeira língua estrangeira poderá ser considerada a que foi comprovada por ocasião da seleção ao curso de mestrado.

3.Curriculum vitae dos últimos cinco (05) anos, conforme modelo à disposição dos interessados na Secretaria Acadêmica da Pós-Graduação, em duas (02) vias, sendo uma delas acompanhada de comprovantes.

4. Projeto de pesquisa em cinco vias, relacionado a uma das linhas de pesquisa do Edital;

Para ingresso em ambos os cursos serão aceitos os seguintes comprovantes de proficiência em Língua Estrangeira:

- Declaração emitida pela EEAN/Centro de Letras e Artes (CLA) da UFRJ, com validade de 01 ano.

- Certificados de proficiência em Língua Estrangeira outorgados por instituições, credenciadas para este fim, internacionalmente aceitos, conforme especificado a seguir: Língua Inglesa (Toefl [500 pontos]; Michigan [ECPE, ECCE], Cambridge ou British Council [FCE, CAE, CPE], IELTS); Língua Francesa (Aliança Francesa [Capes/CNPq, CCIP, DEFF/DALF, TCF, TEF])

I. Candidatos estrangeiros, de países cuja Língua Oficial não seja a Portuguesa, deverão comprovar proficiência na Língua Portuguesa, através de declaração/certificação do CELP-BRAS.

II. Os candidatos deverão observar as normas e validades específicas de tais certificados internacionalmente aceitos. Caso não haja especificação de validade do exame nos certificados, serão aceitos aqueles emitidos em, no máximo, dois anos.

III. O candidato poderá solicitar aceite de certificado de exame de proficiência em outra língua estrangeira que não seja a inglesa ou francesa, desde que justifique a pertinência da opção no desenvolvimento da tese/dissertação. A coordenação geral de pós-graduação deverá emitir o deferimento deste pleito para que a inscrição do candidato se efetive.

PROCESSO DE SELEÇÃO

               O processo seletivo será realizado em duas (2) fases:

1ª fase (Eliminatória) - Pré-seleção: Avaliação do CurriculumVitae e projeto de pesquisa e na aderência destes às linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da EEAN/UFRJ.


2ª fase (Eliminatória e classificatória) - Seleção: Arguição sobre o curriculum vitae e Projeto de Pesquisa por uma comissão composta por três docentes.
candidato se efetive.
Para ser aprovado no processo seletivo, o candidato deverá alcançar a nota mínima de 7,0 (sete) pontos.

Oferta de Bolsas de estudo

O programa de Pós-graduação Stricto-Sensu possui cotas de Bolsas de Estudo oriundas da CAPES, CNPq e Faperj. Para candidatar-se a uma bolsa, o aluno deverá encaminhar solicitação à Secretaria Acadêmica. A solicitação será avaliada pela Comissão de Bolsas mediante os critérios dos órgãos de fomento.

CURSO DE MESTRADO

O Curso de Mestrado da Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ iniciou-se em 1972, sendo o primeiro a ser implantado no Brasil, na área de Enfermagem.

OBJETIVOS

  1. Proporcionar fundamentação teórica e prática, com vista ao avanço da profissão, à busca de novos conhecimentos e ao desenvolvimento de investigação científica e capacitação para a docência no Curso de Graduação.
  2. Preparar enfermeiras para atuarem no planejamento e desenvolvimento dos programas de assistência à saúde da população, estimulando o espírito crítico e criativo frente às realidades; (c) proporcionar fundamentação teórico-prática que favoreça o desenvolvimento da investigação na enfermagem.

DINÂMICA DO CURSO

O curso se desenvolve em até 24 meses e se organiza em linhas de pesquisa, às quais se vinculam os projetos que originarão as dissertações. As disciplinas obrigatórias do Curso desenvolvem-se com estratégias que permitem ao aluno concluir o curso em quatro períodos letivos, conforme preconizam os órgãos de fomento à pesquisa. O ingresso dá-se por Núcleo de Pesquisa, cuja oferta de vagas obedece à disponibilidade de orientadores nas respectivas linhas de pesquisa.

A defesa do projeto de pesquisa deverá ocorrer até o segundo período letivo. O exame de qualificação deverá ocorrer até o terceiro período letivo, o qual corresponde ao relatório preliminar da Dissertação de Mestrado. Ocorre após o cumprimento das disciplinas obrigatórias do curso e após ter realizado a coleta (parcial ou total) de dados, seguida de análise preliminar.

Para defesa da Dissertação, o mestrando deverá comprovar encaminhamento de um artigo, produto da dissertação, para publicação em Revista indexada com Qualis A ou de B1 a B3. A defesa da dissertação deverá ocorrer até o quarto período letivo.

ESTRUTURA DO CURSO

O aluno deverá cumprir, obrigatoriamente, no mínimo 61% da carga horária em disciplinas do Programa (24 créditos) e 195 h (13 créditos) para a Dissertação.

O candidato ao título de “Mestre em Enfermagem” deverá cumprir 585 horas (36 créditos), distribuídas em disciplinas obrigatórias, eletivas e defesa pública da dissertação.

O período mínimo do curso é de dois períodos e máximo de quatro períodos acadêmicos.

O grau de Mestre deve ser obtido até o final do quarto período letivo, contado a partir da data da matrícula na Pós-Graduação.

ELENCO DE DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS E CRÉDITOS

ENW 750

Pensamento Contemporâneo I

4 créd 60h

ENW 709

Métodos e Técnicas de Pesquisa

4 créd 60h

ENW 714, 715, 716

Linha de Pesquisa

4 créd 60h

ENW 734

Defesa tese de Mestrado I

6 créd 90h

ENW 735

Defesa tese de Mestrado II

6 créd 90h

ENW 708

Pesquisa tese Mestrado

 

ENW 726
(obrigatória para alunos bolsistas da CAPES).

Programa de Aperfeiçoamento Didático

3 créd 45h

Créditos a Cumprir em Disciplinas Eletivas

12 créd 180 h

Unidade de crédito = 15 h
CURSO DE DOUTORADO

O Curso de Doutorado iniciou-se em 1989, sendo o terceiro a ser implantado no Brasil, na área de Enfermagem.

Tem como diretriz filosófica “o maior aprofundamento do conhecimento e da profissão, visando à qualificação do enfermeiro como pesquisador, para que possa contribuir efetivamente no enriquecimento do saber da enfermagem”.

A Tese de Doutorado é um trabalho escrito, original, inédito e relevante para o conhecimento, que represente real contribuição à Enfermagem sobre tema correlacionado com a Linha de Pesquisa de opção do discente, aprovado pelo orientador e submetido à Banca Examinadora.

OBJETIVO

Qualificar o enfermeiro como pesquisador para que possa produzir conhecimentos científicos, contribuir efetivamente para o enriquecimento do saber da enfermagem e produzir mudanças.

DINÂMICA DO CURSO
O desenvolvimento do produto final do Curso de Doutorado é avaliado em suas três etapas: defesa do projeto de Tese, exame de qualificação e a defesa da Tese.

A defesa do projeto de Tese deverá ocorrer até o segundo período letivo. O exame de qualificação deverá ocorrer até o quarto período letivo. Corresponde ao relatório preliminar da Tese de Doutorado. Ocorre após o doutorando ter cursado as disciplinas obrigatórias do curso e após ter realizado a coleta (parcial ou total) de dados, seguida de análise preliminar.

Para defesa da Tese, o doutorando deverá comprovar encaminhamento de um artigo, produto da Tese, para publicação em Revista indexada com Qualis A ou de B1 a B3.

ESTRUTURA DO CURSO
O aluno deverá cumprir, obrigatoriamente, no mínimo 76% da carga horária em disciplinas do Programa (990 h /66 créditos) e 300 h (20 crédito) para a Tese.

O candidato ao título de “Doutor em Enfermagem” deverá cumprir, no mínimo, 1290 horas (86 créditos), distribuídas em disciplinas obrigatórias, eletivas e defesa pública da Tese.

O tempo mínimo de curso é de quatro períodos letivos e as estratégias de ensino-pesquisa conduzem a obtenção do título em até seis períodos letivos, contados a partir da data da matrícula na Pós-Graduação.

ELENCO DE DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS E CRÉDITOS

ENW 850

Pensamento Contemporâneo II

5 créd 75 h

ENW 814, 815, 816

Linha de Pesquisa

5 créd 75h

ENW 846

Oficina de Elaboração de Tese

5 créd 75 h

ENW 831

Defesa de Tese I

5 créd 75 h

ENW 832

Defesa de Tese II

7 créd 105 h

ENW 833

Defesa de Tese III

8 créd 120 h

Créditos a Cumprir em Disciplinas Eletivas

13 créd 195 h

Aproveitamento de CH do Curso de Mestrado

36-39 créd.

Unidade de crédito = 15 h
Os doutorandos que possuam grau de Mestre obtido na EEAN/UFRJ têm direito ao aproveitamento de até 100% da carga horária definida para o Curso, segundo análise da Câmara de equivalência de carga horária de disciplinas e aprovação do Conselho de Ensino de Pos-Graduação e Pesquisa (CEPGPEn).

INTERCÂMBIOS INTERINSTITUCIONAIS

O Programa recebe estudantes de outros Programas de Pós-Graduação, do Brasil e do Exterior, para estágios na modalidade “Sanduíche”, mediante editais das agências de fomento e acordos interinstitucional. O estudante de intercâmbio é acompanhado por um Tutor, docente permanente do Programa e se integra às atividades do programa de dos Núcleos de Pesquisa de acordo com o plano de trabalho aprovado.

PROGRAMA DE PÓS-DOUTORADO

O Pós-Doutorado em Enfermagem destina-se a portadores do Grau de Doutor, externos à EEAN/UFRJ. Desenvolve-se com duração mínima de três meses, a partir da realização de estudos, com o máximo de aprofundamento, contribuindo para consolidação de linha de pesquisa vinculada a um dos Núcleos de Pesquisa dos Diversos Departamentos da EEAN.

O primeiro Programa de Pós-Doutorado em Enfermagem da EEAN se desenvolveu na linha de pesquisa de História da Enfermagem Brasileira, em 2001. Atualmente, recebe doutoras do Brasil e do exterior em todas as linhas de pesquisa do Programa.

O Programa se desenvolve em acordo com o disposto na Resolução CEPG 03/2000, UFRJ.

INTERCÂMBIOS, CONVÊNIOS E REDES DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL


Itália: Universitá di Camerino

Facoltá di Medicina e Chirurgia da Universitá degli Studi di Milano-Bicocca.

Portugal/Coimbra: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra; Convênio de cooperação acadêmico-científico (Processo 23079.060652/2010-95).

França: Université de Provence, Laboratoire de Psychologie Sociale.

Espanha: Universidad de Valladolid

Inglaterra: City University London

México: Universidad Autónoma del Estado de México (UAEM): Toluca. Processo: 23079.052720/2012-50. Vigência: de 2004 a 12/03/2018.

Canadá: Université de Montreal (UM), Faculdade de Ciências da Enfermagem. Processo 23079.033479/2008-65. Vigência: 15/05/2009 a 15/05/2014.
McGill University: Intercâmbio envolve a EEAN e a UFSM.

EUA: Parceria com a Organização dos Estados Americanos: por meio da Comissão Internacional de Controle de Drogas (CICAD).

University of Harford.
School of Medicine - Center for Tuberculosis Control / Jonh Hopkins University

América Latina
Peru/Chimbote; Universidad Los Angeles de Chimbote (Uladech); Convênio de cooperação académico-científico (Processo 23079003921/2009-00). Vigência: 06/07/09 a 06/07/14

Peru/Trujillo; Universidad Nacional de Trujillo (UNT); Escuela de Postgrado; Convênio de cooperação acadêmico-científico (Processo 23079.031481/2007-55). Vigência: 03/06/07 a 03/06/12

Peru/Lima; Universidad Alas Peruanas; Convênio de cooperação acadêmico-científico (Processo 2379028490/2008-59). Vigência: 01/09/09 a 01/09/14
Peru/Lambayeque; Universidad Nacional Pedro Ruiz Gallo. Convênio de cooperação acadêmico-científico (Processo 2379028491/2008-11).

Peru/Chiclayo; Universidad Santo Toribio de Mogrovejo. Celebração de convênio em andamento. Participação de docentes como visitantes no Programa de Mestrado.

REDE INTERNACIONAL DE PESQUISA DE REPRESENTAÇÕES SOCIAIS E SAÚDE (RIPRES). Participam países da América do Sul, América do Norte, Europa, com um total de 8 países e 48 pesquisadores (4 Argentina; 1 Áustria; 18 Brasil; 1 Escócia; 9 França; 1 Itália; 3 México; 11 Portugal). Site: www.cicts.uevora.pt/RIPRES

INTERCÂMBIOS E COOPERAÇÃO ACADÊMICA NACIONAL

Doutorado Interinstitucional (DINTER) com a Universidade de do Estado do Pará (UEPA), 2009-2012. Titulação: 13 docentes.

Cooperação com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) na oferta do Doutorado Interinstitucional (DINTER) com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Programa de Cooperação Acadêmica (PROCAD) com a Universidade do Estado do Ceará (UECE). Rede de cooperação de formação e pesquisa entre Programas. Vigência de 2009-2012.

Programa de Cooperação Acadêmica (PROCAD) com a Universidade de Pernambuco: Rede de cooperação de formação e pesquisa entre Programas. Vigência de 2010-2013.
Programa Pró-Ensino na saúde. Pioneiro no incentivo da aproximação da pesquisa e PG stricto-sensu com a rede de serviços. Edital 24/2010. Projeto: Estudo da Formação do profissional de saúde no contexto de inovações curriculares, da capacitação pedagógica de professores e da integração ensino serviço na rede SUS. Rede formada por: PPG Clínica Médica (conceito 7), Psiquiatria, Saúde Coletiva, Radiologia, Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde, Enfermagem (todos conceito 5).

UFRJ EEAN - Escola de Enfermagem Anna Nery
Desenvolvido por: TIC/UFRJ